• lsi
  • poli usp
  • usp

Depoimentos

Depoimentos de estudantes

João Batista David Junior - Maracanaú, CE
Amanda de La Rocque e Carlos Silva - São Paulo, SP
Heitor da Cruz Santos - Recife, PE
Gabriel Santos e Paulo Nascimento - Imperatriz, MA
Gabriela Silva e Kawoana Vianna - Novo Hamburgo, RS
Estudantes na mostra internacional Intel ISEF 2009
Estudantes na mostra de projetos da FEBRACE 2009
ilustração

Depoimentos de estudantes que marcaram sua presença na
história da FEBRACE:

Patrícia Stahl
Venâncio Aires-RS
16 anos

A participação na FEBRACE 11 me rendeu inúmeros aprendizados. Em todas as feiras e mostras que já participei com o projeto é uma honra apresentá-lo às outras pessoas, além do sentimento de satisfação que toma conta de nós, porque, entre outros motivos, temos a consciência de que as ações que estão sendo e que serão realizadas são em prol dos alunos, dos professores, dos jovens, pois, afinal de contas, é do ambiente escolar atual que surgirão os futuros profissionais e cidadãos; aqueles que terão a oportunidade de transformar o país e, por que não, o mundo em que vivem. E na FEBRACE não foi diferente. Quer dizer, foi diferente sim, esse sentimento se mostrou muito mais ativo, e posso dizer que a FEBRACE é diferente de qualquer feira que eu já tenha participado. Primeiramente, porque é uma feira de caráter nacional, onde há estudantes de todo o Brasil, e durante a feira ocorre uma interação tão forte, tão especial, enfim, tão bonita, entre todos os que lá estão. Cada um com o mesmo objetivo: desenvolver uma pesquisa ou uma inovação tecnológica, unindo-se num evento com a finalidade de trazer a tona os seus resultados referente à melhora de algo. Todo dia de exposição que estava por acabar me deixava satisfeita e triste ao mesmo tempo. Satisfeita porque era mais um dia de aprendizados, de absorção de conhecimento; triste porque era mais um dia que se estava indo e mais próximo do término de uma edição incrível da feira. Foi uma experiência inesquecível e extraordinária poder estar participando de uma feira como a FEBRACE, ter a oportunidade de estar conhecendo culturas tão diferentes, de todos os lugares do Brasil, isso foi incrível. Além de todos esses aprendizados que levarei comigo durante toda a vida, houveram os aprendizados relacionados ao projeto. Todas as dicas, sugestões e melhoras que as pessoas compartilharam conosco são extremamente válidas, sendo essenciais para a continuação da realização do projeto. Relacionado à avaliação dos projetos, realizada na feira, posso dizer que foi de enorme importância tanto para mim quanto para o projeto. Os erros, muitas vezes, só são vistos por pessoas que não conhecem o seu trabalho, que não convivem com você e não sabem o que você faz e para que faz. Nós não conseguimos ver todos os nossos erros justamente porque somos nós que escrevemos, projetamos, pensamos. A partir do momento em que outras pessoas observam, elas terão pontos de vista diferentes do nosso e, com certeza, terão observações interessantes a fazer. Gostaria de destacar um último fato em relação à exposição, na feira. Os últimos minutos de mostra, na quinta-feira, dia 14/03, quando todos os finalistas reunidos, dedicaram uma salva de palmas à feira, unindo-se por um último instante, com o objetivo de marcar, e realmente conseguimos, o término de uma das feiras mais esplendorosas que participei. Foi uma das coisas mais lindas que já presenciei no que diz respeito à eventos científicos. Os últimos momentos para tirar fotografias, conversar quem sabe, pela primeira e última vez, com tantas pessoas diferentes e com o mesmo objetivo que você: melhorar o mundo. O sentimento que toma conta da gente, nesses momentos, é inexplicável. Desejo muito, muito mesmo, poder participar mais e mais vezes da FEBRACE. Não importa como, seja como estudante finalista, seja como orientador de projeto, seja como voluntário, seja como visitante. Ingressar numa escola técnica federal e ter conhecimento da existência de uma feira deste porte, me abriu muitas oportunidades que fui projetando como meus sonhos, e a participação na FEBRACE, sem dúvidas, foi um sonho realizado. É impossível descrever qual foi o meu sentimento ao ver o meu nome na lista de finalistas. Desejo, também, que muitos outros estudantes possam sentir o mesmo que eu senti, tanto no desenvolvimento de um projeto, quanto na própria feira. São esses momentos que permanecem em nosso coração e em nossa memória, durante um tempo indefinido. É único. É especial. Aos que contribuem para a realização de um evento científico tão sensacional que é a FEBRACE, quero agradecer. Agradecer muito por terem me proporcionado viver momentos inesquecíveis. Vocês são diferentes, vocês são únicos, vocês estão mudando o futuro, vocês são demais. Parabéns!

Caroline Daniele Silva
São João del-Rei-MG
19 anos

Sempre fui apaixonada por Ciência, pesquisa, laboratórios, inovações... E desde 2010 a FEBRACE se tornou também uma das minhas paixões. É praticamente inexplicável descrever sobre a grande experiência de participar de uma Feira tão qualificada como a FEBRACE é. Bem... Quanta saudade do friozinho na barriga em ter de apresentar o projeto para os avaliadores, do desafio de explicar o projeto para as diversas pessoas (seja criança, adolescente, jovem, adulto, idoso!), do momento de procura do estande, dos momentos de aprendizagem com os vizinhos de estande, da hora da premiação... Agradeço a grande oportunidade de participar da FEBRACE, foi DEMAIS! E para todos os que também são apaixonados pela pesquisa e ciência: FEBRACE para todos e boa sorte!

Manoel Mariano Neto da Silva
Ereré-CE
16 anos

Na minha opinião, a FEBRACE pode ser considerada uma das melhores feiras de ciências do Brasil. Isso não é decorrente apenas da sua enorme estrutura, mas por reconhecer o trabalho dos alunos e por valorizar o desenvolvimento da ciência. Posso dizer que jamais esquecerei o conhecimento adquirido e o contato que tive com pessoas de outros estados e regiões brasileiras. Espero que muitas outras pessoas se esforcem para que possam participar e, eventualmente, contribuir para a construção de uma ciência jovem construída sobre a criatividade e a inovação.

Romário Soares Barbosa
Jaguaribe-CE
17 anos

Participar da FEBRACE é uma oportunidade única. Saber que seu trabalho está sendo reconhecido, saber que noites e noites pesquisando valeram apena é muito gratificante. Que todos nós que acreditamos em um mundo melhor venhamos ainda mais desenvolver, pesquisar, criar ações para os problemas da nossa casa, sociedade, escola, comunidade, pois só assim, nos tornaremos pequenos cientistas.

Guilherme Santos Silva
Pojuca-BA
17 anos

Eu sempre sonhei em participar da FEBRACE. Em 2007 vi a propaganda e percebi que tinha capacidade para tal e um projeto interessante. Então, nunca chorei tanto ao ver o meu nome na tela do computador, na lista de finalista da FEBRACE 6, em 2008. Aí, com a experiência que garanti, juntamente com a força NA vontade de participar novamente, aprimorei meu projeto e fui, novamente, finalista da FEBRACE 8 - 2010. Com AMENDOFLEX, fui ao palco 4 vezes e considero ter ganhado 5 prêmios, pois um deles foi um livro de uma das pessoas que também acreditaram em mim, um avaliador. Eu nunca me senti tão feliz com a ciência como na FEBRACE. Hoje, divulgo, apresento a Feira em escolas e me sinto mais capaz, mais forte e empreendedor. Os prêmios são complementos, pois, como eu digo para todos, o melhor é estar lá, sentir. Não encontro formas para converter essas sensações em palavras. INSISTAM no que vocês defendem, PERSISTAM a cada obstáculo, FAÇAM valer sua presença lá, SEJAM ousados, observadores, curiosos. A minha vida mudou após a FEBRACE, MUITAS portas se abriram, antes, durante e depois da mostra nos três períodos, sendo que, no último, eu e mais 4 brasileiros fomos selecionados para ir para Seul, na Coréia do Sul, para participar da ISEC 2010 ( International Youth Science and Engineering Camp). Lá, viveremos ciência de um modo único. Gente, nunca deixem uma oportunidade de lado, acreditem em vocês, pois vocês podem e sempre trabalhem em prol do desenvolvimento, da busca, enfim, desejando descobrir cada vez mais e, se errarem, ótimo!!! Vocês passam, através do erro, a descobrir novas formas de não errar. Não sejam pessoas do mundo, sejam pessoas NO mundo, sejam atuantes! É prazeroso poder falar isso pra vocês. Sucesso, sempre!!!

  • proxima

Envie seu depoimento

  • Blog
  • Twitter
  • Youtube
  • Facebook
  • Flickr