• lsi
  • poli usp
  • usp

Notícias

14/03/2017 Inscrições Abertas: Programa de Bolsas Fundação Estudar 2017

Benefício é voltada a estudantes de graduação, pós-graduação ou intercâmbio, de qualquer área e qualquer universidade. Inscrições até 24/03!

O Programa de Bolsas Fundação Estudar existe há 25 anos como forma de propiciar que brasileiros estudem nas melhores universidades do mundo – seja no Brasil ou no exterior – e desenvolvam ao máximo o seu potencial. As inscrições para a edição 2017 estão abertas até o dia 24/03!

Podem se inscrever brasileiros que tenham até 34 anos e que estejam em processo de aceitação, matriculado ou cursando ensino superior. Não há restrição de cursos e nem de universidades.

São quatro categorias de bolsas: Graduação completa no Brasil; Graduação completa no exterior; Intercâmbio acadêmico de graduação; e Pós-Graduação no exterior (incluindo mestrado e doutorado sanduíche). Para todas estas modalidades, a conclusão do curso deve ser posterior a dezembro de 2017.

Benefícios do Programa de Bolsas Fundação Estudar

O valor da bolsa é parcial e definido ao término do processo de acordo com o perfil acadêmico do candidato, a duração e o local do curso, bem como sua condição familiar, profissional e socioeconômica.

Além do auxílio financeiro, os selecionados também recebem mentoria, coaching de carreira e acesso a uma rede de gente boa comprometida com a transformação do Brasil. Dentro da comunidade, os jovens são conectados a grandes líderes que servirão de exemplo para inspirá-los a fazer sempre mais e melhor. A Estudar também acompanha a trajetória acadêmica e profissional de seus atuais e ex-bolsistas por meio de programas de desenvolvimento.

Processo Seletivo

Serão 7 etapas de seleção: inscrição, testes de perfil e raciocínio lógico; envio de vídeo e questionário; entrevista de competências; entrevista para aprofundamento de trajetória; painel com ex-bolsistas; e entrevista final. Apenas as duas últimas etapas serão obrigatoriamente presenciais. Entre os critérios de avaliação estão alto potencial acadêmico e profissional e competências de liderança. O nível socioeconômico do candidato não é levado em conta.

“Queremos selecionar os jovens que possuem o maior potencial para contribuir para o desenvolvimento do Brasil depois dos estudos”, conta Leonardo, que coordena o processo de seleção dos bolsistas. “Buscamos jovens ambiciosos, de excelente desempenho acadêmico, que sonham grande e de fato já realizaram ou querem realizar muita coisa de impacto no país”, completa.

Tire suas dúvidas sobre o processo seletivo no site oficial do programa e faça sua inscrição!

ver todas as notícias

  • Blog
  • Twitter
  • Youtube
  • Facebook
  • Flickr