• lsi
  • poli usp
  • usp

Notícias

05/05/2017 Transtorno obsessivo compulsivo e a relação entre genes e funções mitocondriais

Conheça o projeto "Redes biológicas e a relação entre genes e funções mitocondriais com o transtorno obsessivo compulsivo" que será apresentado na Intel ISEF 2017, de 15 a 19 de maio em Los Angeles, no estado da Califórnia.

Escola: Colégio Pentágono Orientadora: Carolina Cappi Estudante: Giovanna Lemos Ribeiro Idade: 18 anos Estado: São Paulo - SP Motivação: Sempre fui apaixonada pela neurociência. Para expandir meus conhecimentos neste campo, procurei o e-mail do responsável pelo Laboratório de Neurociências da USP e pedi-lhe um estágio. Felizmente recebi uma resposta positiva e, durante o meu estágio pude entrar em contacto com uma vasta gama de centros de pesquisa.

Resumo Extraído dos Anais da FEBRACE 2017

O transtorno obsessivo compulsivo (TOC) é uma das doenças psiquiátricas mais comuns, afetando aproximadamente 2% da população dos Estados Unidos. Os mecanismos genéticos por trás do transtorno, porém, ainda não são inteiramente compreendidos, o que dificulta a procura por possíveis tratamentos. Algumas funções mitocondriais - como a regulação de apoptose, desenvolvimento do sistema nervoso e das vias de glutamato do cérebro – estão relacionadas com a psicopatologia de TOC, mas, atualmente, não há nenhum estudo que tenha investigado a influência da organela no transtorno. Nesse trabalho, utilizou-se os princípios de redes biológicas para investigar a relação entre genes potencialmente associados com TOC – obtidos a partir de uma meta análise e de um estudo de vias e processos biológicos de genes candidatos para TOC – e genes com funções mitocondriais expressos no cérebro e cerebelo.

Além disso, com a ajuda da Universidade de Toronto, identificou-se SNP´s no DNA mitocondrial possivelmente associados com TOC. Houve uma grande associação entre genes com funções mitocondriais e genes candidatos para TOC, o que fornece fortes evidências para a influência da mitocôndria no transtorno. Em adição, os processos biológicos mais representados na rede foram os relacionados a funções mitocondriais (sobretudo respiração celular), apoptose e desenvolvimento do sistema nervoso, dados que fornecem uma melhor compreensão sobre os mecanismos do transtorno, como abordado no artigo.

ver todas as notícias

  • Blog
  • Twitter
  • Youtube
  • Facebook
  • Flickr