• lsi
  • poli usp
  • usp

Regras de Segurança


Pesquisa com Agentes Biológicos Potencialmente Perigosos


Formulários Necessários: (pdf)
· Formulário para Instituto de Pesquisa (1C) - OBRIGATÓRIO
· Formulário de cientista qualificado (2) - OBRIGATÓRIO
· Formulário de Procedimento de Riscos (3) - OBRIGATÓRIO
· Formulário para Agentes Biológicos Potencialmente Perigosos (6A) - OBRIGATÓRIO
· Formulário para Pesquisa em Tecido de Animal Vertebrado (6B) - APENAS PARA PESQUISA COM TECIDOS ANIMAIS

Pesquisas com estes agentes são permitidos contanto que sejam conduzidos pelos estudantes de forma segura, OBRIGATORIAMENTE em um Instituto de Pesquisa regularizado pela legislação brasileira e de acordo com as restrições abaixo:
Os Agentes Biológicos abaixo não devem ser trabalhados no ambiente caseiro, devendo ser manipulados em Laboratórios apropriados.

· Microorganismos
Microorganismos como bactérias, vírus, viroses, fungos ou parasitas, que podem ser agentes causadores ou potencialmente causadores de doenças. Em projetos científicos para feiras de ciências isso tipicamente envolve a coleta ou a criação de culturas de microorganismos dentro de ambientes específicos, como solos, superfície de materiais, tecidos de organismos vivos, etc.
As culturas devem ser criadas em recipientes hermeticamente fechados (recomenda-se o uso de Placas de Petri). Ao fim do estudo, o recipiente deverá ser eliminado de forma segura sob a supervisão do Orientador ou de um cientista qualificado.

· Recombinação de DNA:
Inclui pesquisas que envolvam tecnologias de Recombinação de DNA em que os microorganismos sofrram modificações genéticas.
Exemplos:
a) Moléculas que foram construídas fora de células vivas com a junção de segmentos de DNA natural ou sintético com moléculas de DNA que podem replicar uma celula viva;
b) Moléculas que resultem de processo de replicação descrito acima.
Culturas adquiridas por compra devem ser identificados como não patogênicos pelo fornecedor.
São proibidas pesquisas com seres biológicos seriamente nocivos ou que causem doenças incuráveis a vegetais, animais ou seres humanos.

· Tecido Animal, Humano ou seus Flúidos:
Incluem desde tecidos ou flúidos frescos ou produtos obtidos em lojas ou restaurantes. São considerados como Tecido animal, humano ou seus flúidos:
a) sangue humano, produtos do sangue e outro fluidos. Caso o sangue testado não seja do próprio estudante, o sangue deve conter documentação que está livre de HIV e de Hepatite tipo B e C.
b) dentes ou presas (humano ou animal), devem ser esterilizados.
c) leite materno humano ou animal de origem desconhecida deve ser testado para HIV ou Hepatite C. Estudantes só poderão trabalhar com produtos livres de doenças.

· Se o estudante obteve o tecido a partir de um animal sacrificado para outros fins, esta pesquisa pode ser considerada como Pesquisa de Tecido Animal. Se o animal, foi sacrificado especificamente para a pesquisa do estudante, a pesquisa deve ser considerada como Pesquisa com Animais Vertebrados.
d) estão isentas desta restrição: tecido vegetal, cultura de células ou tecidos, carne obtida em lojas, restaurantes ou açougues, leites industrializados, cabelo, presas ou dentes esterilizados, tecidos fossilizados ou amostras arqueológicas e estudo de imagem dos tecidos (sem manipulação dos estudantes).

Restrições Adicionais a serem consideradas.
Como determinar o nível de risco em Pesquisas com Agentes Biológicos Potencialmente Perigosos?
Deve-se determinar em qual a classificação de grupo de risco dos agentes biológicos pesquisados em seu projeto:
Classificação de Agentes Biológicos em Grupos de Risco (Estudantes do nível secundário só estão autorizados a trabalhar com agentes dos grupos BSL-1 e BSL-2):
BSL-1: grupo de risco de agentes biológicos que representam baixo risco a pessoa e ao ambiente, e dificilmente causarão doenças outros seres vivos próximos a eles. Exemplos: Aspergillus niger, Bacillus thuringiensis, Escherichia colistrain K12, Lactobacillus acidophilus, Micrococcusleuteus, Neurospora crassa, Pseudomonas fluorescens, Serratia marcescens.
BSL-2: grupo de risco de agentes biológicos que represetam risco moderado à pessoa e ao ambiente, e potencialmente podem causar infecções que podem resultar em doenças sérias. Devem ser trabalhadas com as medidas de segurança apropriadas. Exemplos: Mycobacterium, Streptococcuspneumonia, Salmonella choleraesuis.
BSL-3: grupo de risco de agentes biológicos que causam doenças sérias em humanos, animais ou vegetais ou que podem causar danos econômicos. geralmente não são transmitidos por contato casual. São proibidas pesquisas com agentes biológicos deste grupo de risco.
BSL-4: grupo de risco de agentes biológicos que causam doenças sérias em humanos, animais ou vegetais e que são geralmente incuráveis. Estes agentes são facilmente transmitidos de um indivíduo para outro, de animal para humano e vice-versa, diretamente ou indiretamente, através de contato casual. São proibidas pesquisas com agentes biológicos deste grupo de risco.

Exceções às restrições acima, incluem:
a) Pesquisas com fermentação de confeitos ou bebidas, a não ser que a pesquisa inclua estudos de recombinação de DNA.
b) Pesquisas com seres do reino protista, archaebacteria e microorganismos semelhantes.
c) Pesquisas que utilizem fertilizantes para compostagem ou outros experimentos que não envolvam culturas ou produção de combustível.
d) Pesquisas sobre doenças causadas por agentes biológicos nocivos, sem que o estudante interaja com os mesmos. Observação: trabalhar com pessoas infectadas, configura-se como uma Pesquisa com Seres Humanos.

  • Blog
  • Twitter
  • Youtube
  • Facebook
  • Flickr