EtecMonteMor: Procurando um curso Online? Gratuito? de qualidade? Se liga na dica! - Internet das coisas - Aprendendo a... https://t.co/VS9AtNgWJV

BelieveIsa: não sei se acredito em destino mas ver um casal se formar na delegação do MS que foi pra FEBRACE me fez pensar se não é real

juestradioto: RT @IFRS_Osorio: Moção de Congratulações da @camaraosorio ressaltou o "excelente resultado obtido pelo grupo" na 15ª @febrace https://t.co/…

  • lsi
  • poli usp
  • usp

SOC215 - Rampa portátil móvel: uma alternativa para a falta de acessibilidade

Sub-categoria: Planejamento Urbano e Regional

Clique em Curtir até o dia 23 de Março de 2017 para votar em seu projeto favorito para o Prêmio Votação Popular na FEBRACE 2017

Autoria: EDUARDA EW DOS REIS, LUANA GABRIELI BOES, LUCAS EDUARDO REICHERT

Orientação: Vanderlize San Martins de Lima

Instituição: Escola Municipal de Ensino Fundamental La Salle

Resumo (Ver pôster)

A acessibilidade passou a ser uma preocupação nas últimas décadas e está diretamente ligada a fornecer maior mobilidade e autonomia aos portadores de necessidades especiais, para que possam utilizar com maior segurança locais públicos e privados. Para isso, resolvemos testar as condições de acessibilidade em nossa escola, e no centro da cidade de Sapiranga, onde observamos que muitos locais e estabelecimentos não possuem rampas de acesso. Como alternativa, desenvolvemos a RPM (Rampa portátil móvel), constituída de uma rampa desmontável, portátil e regulável, que pode ser levada em baixo da cadeira de rodas. Foram desenvolvidos dois protótipos, um de chapas e tubos de aço galvanizados e outro de alumínio. A Rampa Portátil Móvel foi testada na escola e no centro da cidade por pessoas portadoras de necessidades especiais ou não, em diversos locais. Durante a Semana Municipal do Deficiente Físico, buscamos conscientizar a população da cidade com a proposta "Você aceita o desafio?", onde as pessoas eram convidadas para trocar de lugar com o cadeirante e realizar um pequeno percurso na praça central e constatar algumas dificuldades vivenciadas por essas pessoas. Ao final do percurso, puderam relatar as dificuldades observadas e realizar o teste da RPM, a qual foi aprovada por todos que a testaram. Percebeu-se que, apesar da inclusão e da acessibilidade serem temas atuais, na prática ainda há muito o que melhorar, tendo em vista que, muitos portadores de necessidades especiais continuam excluídos da sociedade. Desta forma, acreditamos que a responsabilidade pelas condições de acessibilidade são de responsabilidade do poder público e privado, porém a "Rampa portátil móvel" é um alternativa para essa falta de acessibilidade, pois enquanto não houver uma fiscalização e leis mais rígidas, essa parcela da população, continuará sendo excluída.

Palavras-chave: Acessibilidade, Rampa Portátil Móvel, Portador de necessidades especiais

  • Blog
  • Twitter
  • Youtube
  • Facebook
  • Flickr