FEBRACE
  • lsi
  • poli usp
  • usp

Notícias

29/03/2019 Projeto de Sergipe recebe dois prêmios na FEBRACE

Maior mostra de Ciências e Engenharia contou com 332 projetos desenvolvidos por 751 estudantes do ensino fundamental, médio e técnico de todo o País.

Um projeto de estudantes do Estado de Sergipe recebeu dois prêmios na 17ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE), que aconteceu de 19 a 21 de março, em São Paulo. Os alunos Matheus Gomes de Santana e José Lucas de Jesus Santos, do Colégio de Aplicação, da cidade de São Cristovão, utilizaram as plataformas Arduino e LEGO para tornar o ensino de física mais dinâmico (Veja abaixo mais detalhes sobre o projeto). Eles foram um dos vencedores do Prêmio Destaque Unidades da Federação e também ganharam Menção Honrosa em Física, concedida pelo Instituto de Física da Universidade de São Paulo (IF-USP).

Promovida pela Laboratório de Sistemas Integráveis (LSI) da Escola Politécnica (Poli) da USP, a mostra deste ano contou com 332 projetos de Ciências e Engenharia desenvolvidos por 751 estudantes do ensino fundamental, médio e técnico de todo o País. O processo de seleção dos finalistas envolveu mais de 72 mil estudantes de 27 unidades da federação, que submeteram seus projetos à FEBRACE, diretamente ou por meio de uma das 116 feiras afiliadas. Os autores dos melhores projetos, em diversas categorias, ganharam troféus, medalhas, bolsas do CNPq e estágios, num total aproximado de 300 prêmios e oportunidades no Brasil e no exterior. Nove projetos também foram escolhidos para representar o Brasil na Feira Internacional de Ciências e Engenharia da Intel (Intel ISEF), que acontece de 12 a 17 de maio, em Phoenix, nos EUA.

Além dos prêmios, os estudantes foram prestigiados por diversas autoridades presentes na cerimônia de premiação da mostra. Entre eles, o pró-reitor de Pesquisa da USP, Sylvio Roberto Accioly Canuto, e a diretora da Escola Politécnica, Liedi Bernucci.

A lista completa dos premiados da FEBRACE 2019 pode ser conferida neste site: https://febrace.org.br/finalistas-e-premiados/#.XJu4cphKjIU. Abaixo, o resumo do projeto de Sergipe.

DESENVOLVIMENTO DE UM KIT DIDÁTICO UTILIZANDO ARDUINO E LEGO PARA APRENDIZADO DE GRANDEZAS CINEMÁTICAS

O contexto do presente projeto é a atualização do ensino de física e de robótica na educação. O objetivo do projeto é fazer com que o ensino da física (cinética mais especificamente) se torne mais dinâmico, levando a uma aprendizagem mais fácil e mais prática. Neste projeto optou-se pela utilização das plataformas Arduino e LEGO, em conjunto, para a obtenção de valores como velocidade, comparando-as para observar se houve ou não variação das mesmas, além de, através de edições, definir o tipo de movimento (movimento uniforme, movimento uniformemente variado, entre outros).

Este trabalho vem sendo desenvolvido há aproximadamente um ano, de forma que, atualmente, já é possível realizar medições de velocidades, compará-las e determinar um tipo de movimento referente aos dados das medições.


Atendimento à imprensa

Elena Saggio (elena.saggio@lsitec.org.br) pelo celular (11) 98111-4487

Angela Trabbold (angela@academica.jor.br) pelos telefones (11) 5549-1863 / 5081-5237

ver todas as notícias