Votação encerrada às 23:59 do dia 04/04/2020. Confira os 10 projetos mais votados.
Votação popular

AGR168 - Qualidade de ovos de galinha submetidos a diferentes condições de armazenamento e tempo de estocagem utilizando imagem térmica

Sub-categoria: Ciência e Tecnologia de Alimentos

Votação encerrada às 23h59 do dia 4/4/2020.
Confira os 10 projetos mais votados!.

Autoria: Andressa Martins da Nobrega

Orientação: Grazieli Suszek, Fernando Rodrigues da Conceição

Instituição: IFMS - Campus Nova Andradina

Resumo

(Ver pôster)

A refrigeração não é uma condição obrigatória no Brasil, assim, desde a postura até a distribuição final os ovos são mantidos em temperatura não controlada, sendo na maioria das vezes, refrigerados apenas na casa do consumidor. A qualidade dos ovos é determinada por aspectos externos e internos definidos conforme a aceitabilidade do produto pelo consumidor. Desta forma, a busca por métodos de análises não destrutivas que possibilitam o monitoramento de parâmetros que permitem avaliar a qualidade do ovo é de suma importância para o setor. O presente trabalho avaliou a qualidade dos ovos de poedeiras da linhagem Embrapa 51 (casca marrom), sistema de criação comercial em gaiola, sob duas condições de armazenamento (temperatura não controlada e refrigerado) e em diferentes tempos de estocagem (frescos, 7, 14 e 21 dias), utilizando imagens térmicas. Os resultados mostraram a existência de interdependência entre os fatores temperatura de conservação x período de estocagem dos ovos, para os parâmetros citados. Ovos mantidos refrigerados apresentaram menor perda de peso e melhores índices de percentagem do albúmen, unidades Haugh e índice de gema, quando comparados aos ovos conservados em temperatura não controlada. Através do uso das imagens térmicas foi possível observar que ovos refrigerados mantêm melhor estrutura, contribuído para um ovo de melhor qualidade.

Palavras-chave: Refrigeração de ovos, Unidade Haugh, Flir