Votação encerrada às 23:59 do dia 04/04/2020. Confira os 10 projetos mais votados.
Votação popular

BIO116 - Diger-bio - produção de gás e biofertilizante a partir de restos de alimento

Sub-categoria: Ecologia

Votação encerrada às 23h59 do dia 4/4/2020.
Confira os 10 projetos mais votados!.

Autoria: Maria Eduarda de Oliveira Gonçalves, Caroline Carvalho de Moraes, Flávio Eduardo de Araújo Ramos

Orientação: Marilia dos Santos Pinheiro, Alair Freire

Instituição: Centro de Ensino Médio Integrado do Gama

Resumo

(Ver pôster)

O biodigestor tem como objetivo transformar matéria orgânica, depositada em seu interior, em gás metano e em biofertilizante. O grupo teve como desafio desenvolver um biodigestor que seja pequeno e compacto para que caiba em todos os tipos de moradia e que tenha a mesma capacidade de produção de biogás que um biodigestor de porte maior. Neste projeto os pesquisadores visam melhorar os destinos dos restos de matéria orgânica, que são utilizadas na alimentação, pensando no futuro. O protótipo criado pelo grupo é de baixo custo na tentativa de alcançar o maior público possível. O protótipo passou por uma fase de testes que duraram 21 dias, o tempo necessário para a produção do gás metano em uma quantidade razoável. O protótipo desenvolvido pela equipe propõe-se a reciclar os restos alimentícios, contribuindo com a redução e descarte inadequado de resíduos orgânicos promovendo a produção racional de gás combustível doméstico auxiliando ainda a prática sustentável de agricultura domiciliar com a produção de chorume como fertilizante proveniente da biodigestão. Objetiva-se ainda divulgar e conscientizar a população sobre as vantagens do Diger-bio doméstico, desencorajando o consumo exagerado e desperdício de alimentos, deste modo o grupo tem como objetivo a criação de um Diger-bio individual, este tem como função dar um novo e melhor destino aos restos de alimentos produzidos pelas pessoas. A equipe propõe o desenvolvimento de um Diger-bio doméstico individual com o objetivo de auxiliar na gestão sustentável do lixo orgânico produzido pelo planeta. O Diger-bio utiliza restos de alimentos orgânicos, e busca atrair consumidores através do seu baixo custo, apresentando um tamanho reduzido que facilita na sua instalação sem gerar custos. O Diger-bio propõe a redução de gastos através da produção de gás metano que pode ser utilizado com gás de cozinha, diminuindo então a poluição causada no meio ambiente.

Palavras-chave: Sustentabilidade, Resíduos orgânico , Biodigetão