EXA268 - Otimização da formulação e dos parâmetros de produção de pastilha efervescente para detecção de fraude no leite por adição de reconstituintes de densidade em laboratório escolar

Sub-categoria: Química

Clique em Curtir até às 23h59 do dia 04 de abril de 2020 para votar em seu projeto favorito para o Prêmio Votação Popular na FEBRACE 2020. Os resultados serão divulgados aqui na FEBRACE Virtual.

Autoria: Fabiana Luft Bavaresco, Fernanda Luft Bavaresco, Maria Eduarda Baroni da Rosa

Orientação: alessandra faedrich martins rosa

Instituição: Colégio Farroupilha

Resumo

(Ver pôster)

O propósito deste trabalho é otimizar a formulação e os parâmetros de produção de pastilhas efervescentes para detecção de fraude no leite por adição de amido, considerado uma substância reconstituinte de densidade. A razão do desenvolvimento da continuidade desta pesquisa deu-se através dos resultados obtidos na produção das pastilhas em laboratório escolar, cujo processo apresentava oportunidades de melhoria, visto que as pastilhas tinham um prazo de validade relativamente curto e quebravam com facilidade. A produção das pastilhas em laboratório escolar foi considerada um processo viável, mas que havia a necessidade de estabelecer parâmetros de controle de qualidade do produto e de desenvolver um processo de produção que se assemelhasse, na medida do possível, à fabricação de fármacos. Ressalta-se que o método de detecção de amido no leite foi elaborado a partir do uso de substâncias de baixo custo de aquisição e que não gerassem resíduos prejudiciais ao meio ambiente. A metodologia seguiu as seguintes etapas: pesquisa bibliográfica; visita ao Laboratório Federal de Defesa Agropecuária com a realização de entrevistas para aprimoramento do protótipo da pastilha; estudos de estabilidade; e o desenvolvimento de uma prensa manual para a produção das pastilhas. Os resultados demonstram que a nova formulação agregou à validade do produto três dias a mais em comparação à formulação anterior. Através da análise dos dados obtidos, é possível afirmar que as modificações feitas no processo de produção e na composição das pastilhas contribuíram para a sua eficiência na detecção da fraude no leite, o seu manejo e a sua durabilidade. O uso de uma prensa manual, em substituição ao método rudimentar utilizado anteriormente, aumentou o rendimento do processo em 50%, evitando perdas de matéria-prima e tornando o processo mais rentável. O custo estimado para a produção de uma pastilha é de R$ 0,37, e a pastilha possui um limite para a detecção de amido de 0,025%.

Palavras-chave: Fraude, leite, pastilha